Arquivo da tag 'Companhia das Letras'



Resenha – Na vertigem do dia
por Juliana Costa Cunha
em 29/07/19

Nota: Na Vertigem do Dia, publicado originalmente em 1980, é um volume que se segue ao grandioso Poema Sujo. Nele é possível perceber a reafirmação de sua escrita e também possíveis estudos sobre forma e temas que posteriormente encontramos na poesia de Ferreira Gullar. A vertigem, o atropelo do cotidiano, a metrópole e seu ritmo,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Minha coisa favorita é monstro
por Juliana Costa Cunha
em 22/07/19

Nota: Emil Ferris é, no momento, o que no linguajar popular chamamos de “a dona da porra toda”. Ganhou diversos prêmios e, entre eles, aquele que é considerado o Oscar dos quadrinho, o Prêmio Eisner. Sinceramente, basta pegar este livro e dar uma passada de vista nele e suas ilustrações para entender tantos prêmios. Passei
Postado em: Quadrinhos
Tags: , , ,

Resenha – Os meninos de Nápoles – Conquistando a cidade
por Patricia
em 08/07/19

Nota: Nos meus momentos de “obsessão” por um tema, eu podia passar meses lendo e assistindo filmes sobre um mesmo assunto. Guerra, feminismo, historia de alguns músicos…a lista é tão longa quanto eclética. Máfia foi um dos temas por um tempo. Nosso querido blog, como muitos já devem ter notado, foi inspirado pela saga mais
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – A vida imortal de Henrietta Lacks
por Patricia
em 17/06/19

Sabia muito pouco sobre Henrietta Lacks quando peguei este livro para ler. Minha surpresa foi que logo na introdução, a autora, Rebecca Skloot, explica que foi muito difícil descobrir mais sobre Lacks. Para nos contar essa história, ela passou uma década falando com “laboratórios científicos, hospitais e instituições psiquiátricas, com um elenco de personagens que
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Se a rua Beale falasse
por Poderoso
em 12/06/19

Nota: Por Juliana Se a rua Beale falasse é um romanção. No sentido um tanto quanto açucarado mesmo. O livro já tem filme. Que é lindo. Fotografia, música, iluminação, cenário, figurino, atores e atrizes. Tudo lindo e bem poético no filme. O livro é um pouco mais duro, seco, sem muitos floreios. E traz a
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Cartas Extraordinárias
por Juliana Costa Cunha
em 27/05/19

Nota: Cartas Extraordinárias é um livro que fui lendo aos poucos e que passou de um ano para o outro. São 368 páginas, nas quais o autor Shaun Usher faz um apanhando de 125 cartas escritas por pessoas diversas (conhecidas ou não) e com temas dos mais variados possíveis. A edição é bem bacana, nos
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Missoula
por Patricia
em 24/04/19

Nota: Jon Krakauer escreveu um dos meus livros de não-ficção preferidos: “No ar rarefeito”, sobre um grupo de pessoas que decidem escalar o Monte Everest. Além disso, ele também é o autor de “Na natureza selvagem” (que já foi resenhado aqui) que deu origem ao filme que todo adolescente assiste e acredita que pode tornar
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Carta a D.
por Juliana Costa Cunha
em 25/02/19

Nota: Eu ganhei este livro de presente da querida Wal Bittencourt que tem dois IGs lindos que valem o olhar carinhoso de vocês – o Escrevências Inventosas e o Amor Pela Literatura. Antes já tinha lido sobre o livro em diversos canais literários e, confesso, tinha algum receio pela unanimidade sobre este livro ser lindo e maravilhoso.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O novo iluminismo
por Bruno Lisboa
em 28/12/18

Nota: É possível ser otimista nos dias atuais? A resposta pode parecer óbvia. Ainda mais se observamos os noticiários ao nosso redor que, diariamente, persistem em trazer o que há de mal ocorrendo ao nosso redor e de forma, aparentemente, irrefreável. Mas e se alguém tentasse te dizer o contrário, que estamos por viver nossos
Postado em: Resenhas
Tags: ,

Resenha – Sobrevivendo no inferno
por Bruno Lisboa
em 26/12/18

Nota: A década de 90, para a música nacional, é geralmente lembrada por ser o período em que a mistura de gêneros atingiu o seu ápice. São desta época, por exemplo, discos essenciais como Usuário (Planet Hemp), Calango (Skank) e Afrociberdelia (Chico Science) que cada um a sua maneira souberam levar o rock nacional à novos patamares. Mas
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,