Arquivo da tag 'Ficção'



Resenha – Jantar Secreto
por Ragner
em 08/02/17

Nota:   Assim como em filmes, sou fascinado pela construção instrutiva a priori do que se trata a história, ali nas primeiras cenas…nesse caso…primeiras páginas. Esse é meu primeiro livro de Raphael Montes e sei que já quero deveras ler outros desse autor carioca. Confesso que tenho um certo distanciamento de histórias ambientadas no Brasil.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Cujo
por Ragner
em 18/01/17

Nota:   E vamos com mais um livro do mestre King. Um clássico do terror, que virou filme em 83 (preciso assistir) e foi reeditado pela Suma no ano passado. “Cujo” foi escolhido de cara pela vibe que gerava (lançamento de um livro raro) e, assumo, a informação da capa dura e o relevo da pata
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Ouça a canção do vento / Pinball, 1973
por Bruno Lisboa
em 17/01/17

Nota: Haruki Murakami é um escritor e tradutor japonês que conquistou fama e premiações no decorrer de seus mais 30 anos dedicados a profissão. Romances como Caçando Carneiros, Norwegian Wood e 1Q84 (já resenhado no Poderoso não uma, mas duas vezes) são algumas das obras mais celebradas do autor que tem grande parte de seu catálogo lançado no Brasil
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Ana de Amsterdam
por Patricia
em 16/01/17

Nota:   Desde 2015, o mundo tem visto uma onda de personalidades que se transformam de virtuais em celebridades da vida real. Vimos isso, mais recentemente, com Youtubers fazendo o famoso cross-over e vindo para o mundo das telonas ou lançando livros sobre nada, mas que venderam muito. Influenciadores aparecem todos os dias e promovem
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Homens elegantes
por Bruno Lisboa
em 10/01/17

Nota: Samir Machado de Machado é um escritor gaúcho nascido em 1981. Sua carreira começou a ganhar status quando publicou a novela O professor de botânica (2008), finalista do Prêmio Açorianos de Literatura, e o romance Quatro soldados (2013), obra que lhe rendeu a atenção e elogios da mídia especializada. Um das qualidades mais citadas de sua escrita é
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Misery
por Patricia
em 09/01/17

Nota: Stephen King é daqueles autores que guardo para ler quando minhas leituras emperram. Apesar de ter começado a ler o autor tardiamente – apenas em 2015  tive meu primeiro contato com o autor com Novembro de 63 e ano passado encarei  o calhamaço Sob a Redoma. Porém, essas duas obras não são parte do “culto
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Enclausurado
por Bruno Lisboa
em 06/12/16

Nota:   René Descartes e John Locke foram filósofos responsáveis por propagar e relativizar um dos maiores embates ideológicos do século XVII, mas que ainda dizem muito a respeito de nossos tempos: o racionalismo e o empirismo. Para Locke, partidário da segunda linha, o saber empírico se adquire a partir do nascimento e da experiência vivida.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – A Colônia
por Ragner
em 01/11/16

Nota:   Existem alguns livros que de cara, já nas primeiras linhas, identifico uma escrita correspondente com a minha (pelo menos considero como parecida, ou que é da maneira que eu trabalharia, assim acredito) e isso faz do livro uma possível obra que pode me interessar mais. Como se a história fosse algo que eu
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Achados E Perdidos
por Ragner
em 18/10/16

Nota:   O mestre Stephen King ganha mais uma resenha em nosso Poderoso, agora com Achados E Perdidos, segundo volume da trilogia iniciada em Mr. Mercedes. Os acontecimentos nessa obra vão se desenrolando com o passar de anos, onde alguns personagens são apresentados anos antes do que ocorre em Mr Mercedes e com o passar da narrativa e
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O inferno dos outros
por Bruno Lisboa
em 11/10/16

Nota:   No documentário Misery loves comedy (ainda inédito no Brasil) o diretor Kevin Pollak conversa com mestres do gênero comédia e problematiza o que os motivaram seguir a carreira. E a reposta para a maioria dos casos circundava o mesmo tema: o sofrimento. De fato é estranho pensar que justamente o sentimento oposto a alegria sirva de combustível dos gênios desta
Postado em: Resenhas
Tags: , ,