Arquivo da tag 'Romance'



Resenha – Horses
por Juliana Costa Cunha
em 16/03/20

Nota: Horses é o livro de estreia de Agnaldo de Assis Nascimento e seu título é uma homenagem a Patti Smith e sua música de mesmo nome. Agnaldo também é vocalista e guitarrista da banda Versus Mare. Portanto, o universo musical está na vida do autor, assim como a vida do autor está neste universo.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Jack o estripador: Rastro de sangue
por Ragner
em 11/03/20

Nota: A arte (com a literatura, música, cinema) já trabalhou, de diversas maneiras, a figura do notório assassino em série que assombrou a Londres vitoriana do ano de 1888. Jack, o estripador, ganhou o universo ficcional e povoa o gênero de terror há mais de um século. Sua figura passeia entre a ficção e a
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – A silenciosa inclinação das águas
por Juliana Costa Cunha
em 03/02/20

Nota: Segundo volume (que é dividido em dois livros) da trilogia proposta por Alex Sens, A silenciosa inclinação das águas, traz uma narrativa mais situada geograficamente. Aqui, as personagens estão vivendo suas dores e delícias entre o Brasil e a Noruega. Magnólia… que saudade que eu estava dessa personagem irritante. Na primeira parte do livro,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – A grande morte do Conselheiro Esterházy
por Juliana Costa Cunha
em 20/01/20

Nota: O Conselheiro Esterházy passa 272 dias para morrer. Durante estes 272 dias de sua morte, seu mordomo, que passou sua vida inteira ao lado do Conselheiros Esterházy nos conta sua história de solidão e servidão. Ainda criança, o mordomo, narrador desta história, foi conduzido por outro mordomo, já bem velho, até o quarto do
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O jogo da amarelinha
por Juliana Costa Cunha
em 06/01/20

Nota: Cortázar, aos 23 anos, fugindo da ditadura na Argentina, foi morar em Paris e lá permaneceu até a sua morte. Horácio Oliveira, argentino e personagem principal do O jogo da amarelinha também foi morar em Paris. Por isso, e por outras passagens inseridas na narrativa, este é um livro com fortes traços autobiográficos, segundo
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Butcher’s Crossing
por Juliana Costa Cunha
em 25/11/19

Nota: Um jovem chamado Will Andrews acaba de se formar em Harvard, mas se sente vazio. Ele tem 23 anos, mora na casa dos pais, tem uma vida de muitas mordomias e privilégios. Mora em Boston nos idos dos anos 1870, mas sente incompleto. Acha que sua vida não tem um propósito e sente que
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Controle
por Juliana Costa Cunha
em 18/11/19

Nota: Controle é um daqueles livros que você termina e fica pensando nele por um bocado de tempo. Ao menos comigo foi assim. É um livro com final em aberto e, portanto, dá margem para que nós, leitoras/es, possamos pensar nas várias possibilidades de final da história narrada. Por outro lado, esse final no livro,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O frágil toque dos mutilados
por Juliana Costa Cunha
em 24/10/19

Nota: O frágil toque dos mutilados foi o livro vencedor o prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura, específico para jovens escritoras/es. Quando ganhou este prêmio, Alex Sens tinha 24 anos. O autor já esteve nas páginas do Poderoso com seu livro de contos lançado pela editora Penalux. Primeiro livro dele que li e do
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Como se estivéssemos em palimpsesto de putas
por Juliana Costa Cunha
em 14/10/19

Nota: Com este livro Elvira ganhou o Troféu APCA, prêmio concedido pela Associação Brasileira dos Críticos de Arte. Nele temos uma narradora bem implicada no texto. E esta pessoa é a própria Elvira. Sim, esta é uma das características da escritora, falecida em 2017, falar sobre coisas que aconteceram consigo mesma. Elvira foi escritora e
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Carta à rainha louca
por Juliana Costa Cunha
em 02/10/19

Nota: Segundo livro que leio da autora Maria Valéria Rezende. Ambos bem diferentes. A Face Serena já tem resenha aqui no Poderoso, sendo este um livro de contos lançado pela Editora Penalux. Em Carta À Rainha Louca a autora cria um romance epistolar, narrado entre os anos de 1789 a 1792 pela personagem Isabel das
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,