Arquivo da tag 'Romance'



Resenha – Controle
por Juliana Costa Cunha
em 18/11/19

Nota: Controle é um daqueles livros que você termina e fica pensando nele por um bocado de tempo. Ao menos comigo foi assim. É um livro com final em aberto e, portanto, dá margem para que nós, leitoras/es, possamos pensar nas várias possibilidades de final da história narrada. Por outro lado, esse final no livro,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O frágil toque dos mutilados
por Juliana Costa Cunha
em 24/10/19

Nota: O frágil toque dos mutilados foi o livro vencedor o prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura, específico para jovens escritoras/es. Quando ganhou este prêmio, Alex Sens tinha 24 anos. O autor já esteve nas páginas do Poderoso com seu livro de contos lançado pela editora Penalux. Primeiro livro dele que li e do
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Como se estivéssemos em palimpsesto de putas
por Juliana Costa Cunha
em 14/10/19

Nota: Com este livro Elvira ganhou o Troféu APCA, prêmio concedido pela Associação Brasileira dos Críticos de Arte. Nele temos uma narradora bem implicada no texto. E esta pessoa é a própria Elvira. Sim, esta é uma das características da escritora, falecida em 2017, falar sobre coisas que aconteceram consigo mesma. Elvira foi escritora e
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Carta à rainha louca
por Juliana Costa Cunha
em 02/10/19

Nota: Segundo livro que leio da autora Maria Valéria Rezende. Ambos bem diferentes. A Face Serena já tem resenha aqui no Poderoso, sendo este um livro de contos lançado pela Editora Penalux. Em Carta À Rainha Louca a autora cria um romance epistolar, narrado entre os anos de 1789 a 1792 pela personagem Isabel das
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Resenha – Uma mulher no escuro
por Ragner
em 11/09/19

Nota: Raphael Montes já é um dos meus autores favoritos. É um escritor que consegue me prender em suas histórias da mesma maneira que Harlan Coben (gênero policial) e que escreve com uma pitada de Stephen King (gênero terror). Montes já é consagrado dentro do thriller nacional e seu último lançamento corrobora ainda mais para
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O rei das sombras
por Juliana Costa Cunha
em 19/08/19

Nota: Javier Cercas é um autor já consagrado no meio literário contemporâneo e um dos autores mais referenciados na literatura espanhola atual. Este foi meu primeiro contato com sua escrita. E foi possível para mim constatar sua potência narrativa, embora tenha me enfadado em muitas passagens. Em O Rei das sombras o autor aborda um de seus
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Meshugá
por Juliana Costa Cunha
em 05/08/19

Nota: Meshugá é uma palavra hebraica que, traduzida para o português, significa louco. E a loucura é um tema que sempre me atrai. Então, quando topei com este livro do Jacques Fux, não pensei duas vezes em ler. Até porque, topei também com uma entrevista dele onde dizia que colecionava loucos ao longo da vida.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Os meninos de Nápoles – Conquistando a cidade
por Patricia
em 08/07/19

Nota: Nos meus momentos de “obsessão” por um tema, eu podia passar meses lendo e assistindo filmes sobre um mesmo assunto. Guerra, feminismo, historia de alguns músicos…a lista é tão longa quanto eclética. Máfia foi um dos temas por um tempo. Nosso querido blog, como muitos já devem ter notado, foi inspirado pela saga mais
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O Retorno
por Juliana Costa Cunha
em 01/07/19

Nota: Antes de falar sobre o livro da Dulce, eu gostaria de contar como esse livro chegou até minhas mãos. De uns tempos pra cá tenho pensado muito no consumo de livros e também em como fazê-los circular mais. Daí que me propus a praticar o desapego com aqueles livros de minha estante que já
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Se a rua Beale falasse
por Poderoso
em 12/06/19

Nota: Por Juliana Se a rua Beale falasse é um romanção. No sentido um tanto quanto açucarado mesmo. O livro já tem filme. Que é lindo. Fotografia, música, iluminação, cenário, figurino, atores e atrizes. Tudo lindo e bem poético no filme. O livro é um pouco mais duro, seco, sem muitos floreios. E traz a
Postado em: Resenhas
Tags: , ,